Há um ano, iniciamos um programa de proteção individual e comunitária que ajudou a conter a disseminação do coronavirus SARS-CoV-2, causador do Covid 19, que afetou milhões de humanos no mundo.

Hoje temos as VACINAS, a imunização que precisávamos para decolar novamente em direção a um novo destino. Para isso precisamos manter todos os procedimentos de higiene pessoal e a distância para que o mais rápido possível o vírus seja completamente erradicado.

Novas normas e regras para a certificação da vacina internacional contra a Covid19 serão implementadas e todos devemos seguir essas regras para erradicar os vírus.

Boas notícias hoje o Brasil ocupa o 5º lugar no mundo em vacinados por 100 milhões de habitantes.

mascara.jpg
Alcool Gel.png
lavar as mãos.png
social distancing.jpg

A Rio in Tour elaborou para todas as viagens um protocolo de segurança e higiene que está incluso em nosso contrato de serviço e deve ser seguido por fornecedores e clientes.

O protocolo inclui as regras de ouro, a higienização das mãos, com disponibilidade de álcool gel, medidas de distância física, uso obrigatório de máscara, inclusive com certificado de vacinação. Fornecedores devem manter os cuidados necessários para evitar filas e gargalos, reduzindo a capacidade dos participantes do site conforme apropriado.

As visitas e eventos no Brasil estão sujeitos ao protocolo regulamentado pelo Ministério do Turismo e Ministério da Saúde.

É importante que os participantes sejam informados de forma clara e simples sobre os novos protocolos implementados em transportes, pontos turísticos, centros de visitação, espetáculos e outros locais semelhantes.

Confirmamos que os principais parceiros, como aeroportos, transportadoras, têm os mesmos protocolos de higiene e segurança em vigor.

Retomamos as operações, garantindo que atingiremos a excelência operacional no “novo Normal” e contamos com equipe treinado para a elaboração e execução os planos operacionais.
 

USE MO MOUSE PARA PARAR O SLIDE (VÍDEO)

A) Fica autorizada a entrada no Brasil, por via aérea, do viajante de procedência internacional, brasileiro ou estrangeiro, desde que obedecidos os seguintes requisitos:

I - apresentação à companhia aérea responsável pelo voo, antes do embarque, de documento comprobatório de realização de teste para rastreio da infecção pelo coronavírus SARS-CoV-2 (Covid-19), com resultado negativo ou não detectável, do tipo teste de antígeno, realizado em até 24 (vinte e quatro) horas anteriores ao momento do embarque, ou laboratorial RT-PCR, realizado em até 72 (setenta e duas) horas anteriores ao momento do embarque, observados os parâmetros indicados no Anexo I desta Portaria e os seguintes critérios:

a) na hipótese de voo com conexões ou escalas em que o viajante permaneça em área restrita do aeroporto, os prazos referidos acima serão considerados em relação ao embarque no primeiro trecho da viagem; e

b) na hipótese de voo com conexões ou escalas em que o viajante não permanecer em área restrita do aeroporto, em que o viajante realizar migração, e que ultrapasse 72 (setenta e duas) horas desde a realização do teste RT-PCR ou 24 (vinte e quatro) horas do teste de antígeno, o viajante deverá apresentar documento comprobatório da realização de novo teste, RT-PCR ou de antígeno, com resultado negativo ou não detectável para o coronavírus SARS-CoV-2 (Covid-19) no check-in para o embarque ao Brasil.

Ministerio do Turismo.png
OMS png.jpg
cadastur-600x220_edited.png
LICENSED TOUR GUIDE
Whenever you travel, hire a local guide, more information, tips and time savings.
kisspng-tour-guide-tourism-comic-book-gu
Brazil flag.png